MS tem diversos pontos turísticos.
Com calendário recheado de feriados em dias úteis, o ano promete ser perfeito para quem ama viajar. Serão 8 feriados nacionais e o melhor, alguns deles prolongados com os finais de semana.
 
Feriados estaduais e municipais em Mato Grosso do Sul também vão garantir mais uns dias de folga: Divisão do Estado, no dia 11 de outubro (quarta-feira), que emenda com o dia 12 (quinta-feira), dia de Nossa Senhora Aparecida. Sem contar feriados municipais, como os aniversários das cidades, a exemplo da capital – Campo Grande, no dia 26 de agosto (sábado) e dia da padroeira do município, Santo Antônio no dia 13 de junho (terça-feira).
 
Praticamente todos os meses do ano terá feriado com possibilidade de emendas. É importante começar a planejar com antecedência para garantir sua hospedagem e passagens aéreas.
 
Conforme projeção do Ministério do Turismo, as viagens nos fins de semana prolongados por feriados que caem na segunda, terça, quinta ou sexta-feira devem injetar R$ 21 bilhões a mais na economia brasileira em 2017. O levantamento, feito em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), considerou um acréscimo de 22 dias de folga no calendário, quando 10,5 milhões de viagens deverão ser feitas.
 
Festa tradicional, o Carnaval (28 de fevereiro) é um feriado propício não só para diversão junto aos foliões, mas para quem busca tranquilidade ou lazer. Entre as dez Regiões Turísticas de Mato Grosso do Sul, os visitantes e os sul-mato-grossenses poderão escolher a melhor alternativa para aproveitar os dias do feriado. A maior festa popular do Brasil, que atrai todos os anos milhares de turistas, tornou-se fonte de lucro e renda para diversos setores da sociedade, alavancando principalmente o turismo.
 
O impacto na economia local se dá principalmente no Setor da Alimentação e Bebidas – restaurantes, supermercados, conveniências, farmácias, bem como nos postos de combustíveis, hotelaria e em passagens para transporte rodoviário. Exemplo disso é Bonito, onde o período do Carnaval é considerado de alta temporada, atrai visitantes do segmento de natureza, ecoturismo e aventura, de lazer e descanso.
 
Os pesqueiros também recebem uma demanda significativa de turistas nesse período.  Portanto, é um excelente momento para o Turismo, uma vez que gera uma movimentação considerável de viagens independente de ser para destinos onde o Carnaval é consolidado.
 
Em Mato Grosso do Sul, o destaque para o evento “Carnaval” é Corumbá, historicamente é destino tradicional e reconhecido como um dos maiores da Região Centro-Oeste. Mas também é um destino ideal para quem gosta de ecoturismo, curtir a natureza, pescar e até descansar.
 
O Pantanal Corumbaense é um tradicional destino de pesca esportiva, também é repleto de belezas naturais, históricas e culturais, além de destino de compras no exterior, dada sua localização na fronteira com a Bolívia.  É difícil definir Corumbá em poucas palavras, pois encanta os turistas com diversas opções de passeios como no centro urbano onde estão os museus, casarios, igrejas e praças que por si só contam sua história. Ainda, a riqueza da gastronomia típica e exótica numa variedade de sabores, aromas e cores que encantam até os paladares mais exigentes.
 
No Porto Geral, às margens do Rio Paraguai, o embarque em barcos-hotéis levam turistas aos “cruzeiros em águas doces” ou para a prática da pesca esportiva, em aventuras memoráveis onde a contemplação da ictiofauna pantaneira se apresenta em sua plenitude.
 
Conforme a Secretaria de Estado e Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade), a pesca nos rios das bacias hidrográficas localizadas em Mato Grosso do Sul continua proibida até 28 de fevereiro deste ano. O período de defeso nos rios do Estado foi iniciado em 5 de novembro de 2016 e todas as condições e regras estabelecidas na legislação continuam vigentes (Resolução Semac n. 024, de 06 de outubro de 2011).
 
Para os turistas que pretendem aproveitar o feriado para pescar em Mato Grosso do Sul é bom ficar informados e atentos sobre as autorizações, locais, tipos de pesca, transporte, entre outras normativas.
 
Confira as Regiões Turísticas de Mato Grosso do Sul e faça um roteiro incrível pelo estado. Todo mosaico natural e cultural  de Mato Grosso do Sul  estão espalhados nos setenta e nove municípios  e está à disposição o ano todo para conhecer e desfrutar:
 
PANTANAL
 
Municípios: Anastácio, Aquidauana, Corumbá, Ladário e Miranda.
 
Ecoturismo, turismo rural, pesca esportiva, observação de pássaros (birdwatching), cruzeiros fluviais, safáris fotográficos (off road e fluvial), cavalgadas, voos panorâmicos, turismo histórico-cultural, aventura, gastronomia e intercâmbio cultural. 
 
BONITO-SERRA DA BODOQUENA
 
Municípios: Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Caracol, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Nioaque e Porto Murtinho.
 
Lazer aquático (balneários públicos e privados), flutuação (snorkeling) em rios e nascentes, banhos de cachoeira, mergulho, visitação de grutas, observação de pássaros (birdwatching), rapel e arborismo, festas populares, eventos científicos, empresariais, históricos e culturais, gastronomia típica. 
 
ROTA NORTE
 
Municípios: Alcinópolis, Bandeirantes, Camapuã, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora.
 
Turismo histórico-cultural, ecoturismo, pesca esportiva, rural, agrotecnológico, aventura, observação de pássaros (birdwatching), ecotemático, safári ecológico e fluvial.
 
CAMINHO DOS IPÊS
 
Municípios: Campo Grande (capital do estado), Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rochedo, Sidrolândia e Terenos.
 
Turismo ecológico, rural, aventura, histórico-cultural, negócios, eventos, agrotecnológico, observação de pássaros (birdwatching), festas e eventos religiosos e populares. 
 
GRANDE DOURADOS
 
Municípios: Caarapó, Deodápolis, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Maracaju, Rio Brilhante e Vicentina.
 
Negócios, eventos, agrotecnologia, cultura indígena, gastronomia, turismo rural. 
 
CAMINHOS DA FRONTEIRA
 
Municípios: Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Laguna Carapã, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas e Tacuru.
 
Atividades de turismo: Histórico-cultural, negócios e eventos, ecoturismo, de aventura e de compras.
 
VALE DO APORÉ
 
Municípios: Água Clara, Cassilândia, Chapadão do Sul, Inocência e Paranaíba.
 
Ecoturismo, turismo rural e agrotecnológico, pesca esportiva, esportes náuticos, sol e praias de água doce. 
 
COSTA LESTE
 
Municípios: Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Três Lagoas.
 
Pesca esportiva, turismo fluvial, esportes náuticos, mergulho, negócios e eventos, agrotecnologia, turismo, rural e ecoturismo.
 
VALE DAS ÁGUAS
 
Municípios: Angélica, Batayporã, Ivinhema, Jateí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul e Taquarussu.
 
Ecoturismo, turismo fluvial, esportes náuticos, birdwatching, pesca esportiva, eventos agropecuários, turismo rural e científico.
 
7 CAMINHOS DA NATUREZA – CONE SUL
 
Municípios: Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Mundo Novo e Naviraí.
 
Pesca esportiva, turismo rural, esportes náuticos, ecoturismo e birdwatching.
 
Feriados em 2017
 
28 de fevereiro – Carnaval – Terça-feira
 
1º de março – Cinzas (até às 14h) – Quarta-feira
 
14 de abril – Sexta-feira Santa – Sexta-feira
 
21 de abril – Dia de Tiradentes – Sexta-feira
 
01 de maio – Dia do Trabalho – Segunda-feira
 
13 de junho – Santo Antônio (Feriado em Campo Grande) – Terça-feira
 
15 de junho – Dia de Corpus Christi – Quinta-feira
 
26 de agosto – Aniversário de Campo Grande (Feriado no município) – Sábado
 
7 de setembro – Dia da Independência do Brasil – Quinta-feira
 
11 de outubro – Divisão do Estado de Mato Grosso do Sul – Quarta Feira
 
12 de outubro –  Dia de Nossa Senhora Aparecida – Quinta-feira
 
2 de novembro – Dia de Finados – Quinta-feira
 
15 de novembro – Proclamação da República – Quarta-feira
 
25 de dezembro – Natal – Segunda-feira
 
Raquel dos Passos, Assessoria de Imprensa Fundação de Turismo de MS.

Fonte: Assessoria


Deixe seu comentário