Aplicativo pode ser usado em smarthphone ou tablet
O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul A partir de segunda-feira (22), disponibilizará um aplicativo para tablets e smartphones que permite o manuseio de processos mesmo sem conexão de internet.
 
O projeto preenche uma necessidade originalmente identificada pelos próprios magistrados, que perceberam que, quando o sistema de processos tornou-se inteiramente digital, o acesso aos autos ficava mais restrito, dificultando o trabalho e prendendo-os ao chamado SAJ (Sistema de Automação da Justiça), que só podia ser acessado pelo desktop ou notebook.
 
Há alguns anos, surgiu a iniciativa de se criar um aplicativo que permitisse que magistrados e advogados pudessem acessar os processos pelo smarthphone ou tablet.
 
O aplicativo Pasta Digital – TJ/MS possibilita que os usuários possam ler processos quando estiverem desconectados da internet. A novidade passou por uma fase de testes com um dos magistrados, que o avaliou e sugeriu mudanças, deixando-o mais prático e acessível para os usuários.
 
Para o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador João Maria Lós, a novidade resultará em mais eficiência e celeridade na prestação jurisdicional “A equipe da área de tecnologia entendeu a dificuldade que existia e resolveu a questão com a criação desse aplicativo.
 
Por se tratar de primeira versão, o aplicativo tem algumas limitações, como os processos em segredo de justiça que ainda não estarão disponíveis, algo a ser adicionado em versões futuras.
 
Além disso, o aplicativo está disponível somente para Android, pois 80% dos acessos ao portal do Tribunal de Justiça realizados por meio de dispositivos móveis são feitos por essa plataforma. A versão para IOS estará disponível em 2017.
 
O TJ informa que sua equipe de tecnologia da informação já está desenvolvendo melhorias para o aplicativo, que incluirão os processos em segredo de justiça. Futuramente, o aplicativo também permitirá o acesso do público aos processos.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário