O golpe já é bem manjado. Aquele em que o golpista se passa por um parente da vítima e liga dizendo que o carro quebrou na estrada e que ele precisa de ajuda. Geralmente a ajuda é em dinheiro, mas num caso ocorrido em Costa Rica, a reivindicação foi fazer contato com um mecânico.

M. A. dos Santos, 36 anos, estava em sua casa com a esposa, por volta das 18 horas da última quarta, quando recebeu um telefonema. Do outro lado alguém dizia ser seu primo. E antes mesmo que continuasse sua tática de enganar, a vítima perguntou se ele era o Souza, filho da “Tia Cícera!”. Pronto, era tudo o que o golpista queria!

E veio a velha história, com uma roupagem diferente: seu carro estava quebrado, no Posto São Pedro, e ele precisava que um mecânico fosse contatado. O contato foi feito, num telefone indicado, com as devidas informações sobre o problema do veículo. O “mecânico” solicitou um adiantamento de R$ 600 reais para que ele se deslocasse pra fazer o serviço e até indicou uma conta no nome de Elza R. B.

Depois de ligar para o “primo”, dizendo que fizera contato com o mecânico e até dera parte do dinheiro da mão de obra, M.A. dos Santos resolveu ligar para uma ex cunhada de seu primo Souza. Só então percebeu caiu num golpe. Na verdade o seu primo está morando no Estado de Alagoas e certamente não era o homem que fez a ligação. Quanto ao mecânico, deve ser um comparsa na trama que foi comunicada na Unidade Policial de Costa Rica.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário