Trabalhadores em postos de combustíveis de Mato Grosso do Sul querem o cumprimento de normas e resoluções, estabelecidas especificamente para o setor, que disciplinam sobre as condições de trabalho seguras e saudáveis para o exercício da profissão. Para isso, o Sindicato da categoria, o Sinpospetro/MS (Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de MS), filiado à Força Sindical MS, promete intensificar a fiscalização na Capital e interior do Estado, para apurar o cumprimento das leis.
 
“Vamos intensificar a fiscalização dos postos e o Sinpospetro/MS sempre estará de portas abertas para receber denuncias dos nossos trabalhadores, associados ou não”, afirma José Hélio da Silva, empossado recentemente na presidência da entidade no Estado, para o qüinqüênio 2016/2021.
O presidente lembra que são várias normas e resoluções federais, que estabelecem normas de trabalho nessa área de extrema periculosidade, como por exemplo, o uso de uniformes e equipamentos especiais para o manuseio dos combustíveis.
 
José Hélio pretende também intensificar a campanha contra o benzeno que tem o apoio do Ministério Público Federal, Ministério do Trabalho e Emprego e vários outros organismos federais, estaduais e entidades. “Vamos levar adiante todos os projetos e propostas que buscam o bom desempenho de nossos profissionais, em condições seguras”, afirma José Hélio que pede para que os trabalhadores liguem para o sindicato caso constatem qualquer irregularidade no seu ambiente de trabalho. O telefone de contato do Sinpospetro/MS é (67)3-42-0600.
 
 “Além disso, temos outras metas como a aquisição de nossa sede própria e a ampliação dos serviços que prestamos aos nossos associados, como a clínica odontológica que mantemos hoje em nossa sede para os trabalhadores e seus familiares”, afirmou José Hélio da Silva.
 
DIRETORIA – Além do presidente José Hélio da Silva, a diretoria do Sinpospetro/MS empossada dia 27 de agosto é formada também pelos seguintes membros: Gilson da Silva Sá, Marins Antônio da Silva, Pedro Martins Neves e Nelson de Souza. Suplentes de diretoria: Willian Rafael Cezar Arruda, Humberto Haruki Kumimoto, Rodrigo da Silva, Alfredo Orlando B. Aquino e Ademar Rosa da Silva.
 
 
 

Fonte: Wilson Aquino


Deixe seu comentário