O Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito (DICC) é celebrado, anualmente, na terceira quinta-feira do mês de outubro. Neste ano, a data será comemorada no dia 20 com o tema “A verdadeira diferença”.

A inciativa, promovida pelo Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (World Council of Credit Unions - Woccu), busca divulgar o trabalho desenvolvido pelas cooperativas de crédito, aumentando a conscientização sobre sua importância econômica e social e, consequentemente, o apoio ao movimento cooperativo. E o Sicredi participa da 68ª celebração com duas campanhas.
 
Além da própria campanha institucional, que destaca que o cooperativismo de crédito faz parte da vida de diferentes pessoas - da cidade, do campo, dos jovens e empreendedores - e os diferenciais desse modelo de negócio, o Sicredi também apoia a campanha lançada pelo Woccu e promovida no Brasil pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e pela Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito (Confebras). Em 2016, a inciativa destaca os " 9 Princípios que fazem a verdadeira diferença", reforçando os valores de cooperação e a força da união.
 
No cooperativismo de crédito, o Sicredi é referência internacional pelo modelo de atuação em sistema, permitindo ganhos de escala e aumentando o potencial das Cooperativas de Crédito para exercer a atividade no mercado financeiro. 
 
São 3,3 milhões de pessoas que têm suas vidas financeiras vinculadas ao Sicredi, atraídas pela possibilidade de gerar crescimento coletivo. Todos são donos do negócio. O voto de cada um tem peso igual nas decisões, independentemente do volume de recursos aplicados.
 
Diferenciais do cooperativismo - A instituição financeira cooperativa tem como diferencial um modelo de gestão que valoriza a participação. Os associados decidem sobre os rumos da sua cooperativa e participam dos resultados. 
 
Além disso, as cooperativas desenvolvem soluções de acordo com as necessidades dos associados. Como um importante instrumento de incentivo para o desenvolvimento econômico e social, os ativos dessas instituições são usados financiar os próprios associados, mantendo os recursos nas regiões nas quais foram gerados.
 
Cenário do cooperativismo - Segundo dados de 2015 do Woccu, há em todo o mundo 60.500 cooperativas de crédito, presentes em 109 países, nos seis continentes. Juntas, elas reúnem 223 milhões de associados. No Brasil, 8,9 milhões de pessoas escolheram as cooperativas de crédito como a sua instituição financeira, número que dobrou nos últimos cinco anos, de acordo com o Banco Central (BC).
 
A oferta de produtos e serviços também chega a municípios mais distantes, totalizando 564 cidades, onde as cooperativas funcionam como as únicas instituições financeiras. No País, há mais de mil cooperativas e 5.500 postos de atendimento, de acordo com dados do BC. Além disso, um intenso trabalho de inclusão aliado à educação financeira é promovido pelas instituições.
 
Mais informações sobre o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito estão disponíveis no site http://confebras.coop.br/dicc.

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário