Bebês expostos à fumaça de maconha de maneira passiva inalam o THC, o principal produto químico psicoativo desta droga, mostra um novo estudo. Pesquisadores descobriram vestígios de THC (tetrahidrocanabinol) em amostras de urina de bebês e crianças cujos pais fumavam maconha. O estudo foi publicado na revista Pediatric Research.
 
Os pesquisadores também descobriram que as crianças expostas ao fumo de maconha são mais propensas a serem expostas ao fumo do tabaco, o que aumenta o risco de problemas de saúde. Os bebês tinham entre um mês e dois anos de idade. Todos foram hospitalizados com bronquiolite, uma infecção do trato respiratório inferior. O uso da maconha é legal no estado do Colorado.
 
O estudo, portanto, sugere que, assim como a fumaça de tabaco, a fumaça de maconha é inalada por crianças na presença de adultos que a estão usando.
 
Pesquisas adicionais são necessárias para determinar as potenciais ameaças que a fumaça de maconha inalada representa para as crianças.

Fonte: terra


Deixe seu comentário