Foi encontrado morto na tarde desta quinta-feira (13) em Naviraí - cidade localizada a 366 km de Campo Grande - o detento Cristiano Carvalho de Mello, de 29 anos, que cumpria pena no Presídio de Segurança Máxima local.
 
Ele é apontado como integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital) e foi encontrado enforcado, segundo o site Tá Na Mídia Naviraí, com o pescoço enrolado em uma corda, amarrada na grade da cela 4, no pavilhão 6 da penitenciária.
 
Cristiano foi transferido da cidade após uma rebelião em agosto do ano passado, ficando na Máxima em Campo Grande. Porém, ele retornou para Naviraí na terça-feira (10) apenas dois dias antes de ser morto, situação que pode deixar ainda mais tenso o clima nos presídios de Mato Grosso do Sul.
 
Polícia Civil e Perícia Criminalística foram ao presídio para registrar o caso. Cristiano foi preso em 2014 por tráfico de drogas. Ele foi um dos líderes da rebelião que resultou em sua transferência e também na morte de dois detentos e ferimentos em outros três.
 
Ainda não há informações se a morte no presídio de Naviraí foi um suicídio ou causado pelo acirramento de conflitos entre facções, ou mesmo qualquer outra briga. O caso foi registrado e será investigado.

Fonte: Campo Grande News


Deixe seu comentário