Funcionária do posto de saúde da aldeia Indígena Ipeguy, em Aquidauana, procurou a Polícia Civil para denunciar agressões. A mulher de 25 anos foi atacada na manhã de hoje enquanto seguia para o trabalho, por outra moradora da região. Esta é a segunda vez somente nesta semana que funcionária do posto é agredida. Na terça-feira, uma técnica em enfermagem de 31 anos apanhou de outras duas mulheres que invadiram o local.

A vítima mais recente relatou que autora se aproximou e sem dizer nada, deu um tapa em seu rosto e em seguida a xingou, dizendo que voltaria para pega-la. A situação é bem parecida com a que viveu a mulher agredida na segunda-feira. Esta, além de apanhar, teve as roupas rasgadas e foi ameaçada pelas autoras que afirmaram que voltariam para agredi-la mais uma vez.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário