Material apreendido na operação.
Na quarta e quinta-feira da semana passada a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) realizou a operação “Whatsapp 01”, com objetivo de averiguar as denúncias que chegaram a esta Especializada com o apoio da população. Foram oito pessoas presas, apreensão de R$ 33 mil, drogas, armas e veículos.
 
Ação Policial
 
No primeiro caso, os policiais receberam denúncia anônima de que em um imóvel localizado no Bairro Jardim Los Angeles, haveria certa quantidade de entorpecentes destinados ao tráfico de drogas.
 
Os investigadores realizaram o monitoramento do local, e avistaram um Honda Civic preto, conforme descrito na denúncia, que parou em frente ao imóvel indicado. Durante a abordagem, o condutor foi identificado com como sendo Elpídio da Silva Santos, 26 anos, conhecido como Dim.
 
Durante buscas no interior da residência, os investigadores encontraram uma caixa com diversas porções de drogas, um tablete de pasta base de cocaína, um revólver Taurus, calibre .22, e certa quantia de drogas sem origem comprovada.
 
Em entrevista, Elpídio relatou que a casa pertence à mãe dele que desconhecia a existência droga e arma no local. Afirmou ainda que havia ido buscar a droga para comercializá-la na Vila NháNhá, e que parte do dinheiro seria utilizada para pagar o seu fornecedor de drogas.
 
Já na manhã do dia (17), a Polícia Civil deu cumprimento ao Mandado de Prisão expedido pela 4ª Vara Criminal em desfavor de Claudiney Gomes Costa Júnior, 24 anos, em razão de Sentença Condenatória pelo crime de Tráfico de drogas.
 
Ainda no final da manhã do dia (17), os investigadores se deslocaram até o Bairro Jardim Botafogo para verificar denúncia de que um casal teria recebido um carregamento de drogas e que a mesma estaria escondida em um apartamento situado na Travessa Iracema de Oliveira.
 
Conforme registro policial, a droga teria vindo da cidade de Aquidauana transportada em um veículo Corsa, e que o mesmo ainda estaria no imóvel. Ao se aproximar do imóvel, os investigadores localizaram o veículo descrito, e sentiram forte odor do entorpecente.
 
Ao perceberem a presença dos policiais, os indivíduos Lucas Rufino da Silva, 19 anos, Edimir de Freitas Junior, 30 anos, pularam pela janela do apartamento que fica no primeiro andar do prédio e tentaram se evadir, mas foram presos em seguida.  Um terceiro indivíduo posteriormente qualificado como sendo José Vicente Da Silva Neto, 30 anos, conseguiu fugir mas deixou seus documentos no interior do veículo.
 
No local foram apreendidos um veículo Corsa, 23,5kg de maconha, 02 balanças de precisão, dinheiro, uma bobina de plástico filme, 02 TV’s de LCD e 02 (dois) aparelhos de telefone celular além de uma motocicleta.
 
No local dos fatos, Edimir ainda ofereceu a um dos investigadores o dinheiro e a droga apreendida em troca da liberdade do grupo.
 
Foram presos em flagrante no local, Edimir, Lucas Rufino, Dayana Cristina da Silva Garbelino, 19 anos, e responderão pelo crime de tráfico de drogas e corrupção ativa.
 
Durante a tarde do dia (17), no Bairro Vilas Boas, a Polícia Civil prendeu Wlillian Barros Da Silva, 26 anos,  também pelo crime de tráfico.
 
A denúncia dava conta de que Willian ocultava o entorpecente em um imóvel abandonado na Rua Estácio de Sá, nº 07, e durante as diligências realizadas pelos investigadores, o autor foi encontrado nas imediações do endereço indicado.
 
Durante a abordagem de Willian foi encontrado em seu poder, uma porção de pasta base de cocaína, e dinheiro de origem não comprovada.
 
No local indicado os policiais encontraram meio tablete e uma porção de pasta base de cocaína, duas balanças de precisão, uma peneira, uma tesoura, três facas com resquícios do entorpecente.  No celular de Willian foi constatado que havia uma mensagem em que uma pessoa solicitava ao 3g da droga.
 
Ainda no dia (17), após a prisão de Elpídio da Silva Santos, 26 anos, conhecido como Dim, os policiais receberam informação de Gabriela dos Santos da Silva, 22 anos, e Sonia Regina da Silva, 21 anos, vulgo Soninha, estavam no imóvel de propriedade do DIM, localizado na NháNhá,  preparando droga para vender.
 
Os policiais seguiram para o local indicado, e encontraram Gabriela e Sonia no interior do imóvel, utilizando a mesa da cozinha para embalar certa quantidade de droga em porções. Ambas foram presas em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.
 
No total a operação contabilizou 08 pessoas presas; 23,5kg de maconha; 1844,5g de pasta base de cocaína; 03 veículos; R$ 33.226,00 e uma arma de fogo.
 
A DENAR recebe denúncias através do telefone 3345-0000 e 99995-6105

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário