Dayna Pollyanna Melle, 22 anos, moradora na cidade de Três Lagoas, e Indianara Ananias da Silva, 24 anos, moradora na cidade de Bataiporã, foram presas no final da tarde dessa terça-feira(14), por uma das equipes operacionais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), quando transportavam maconha em um ônibus na região de fronteira.
 
O fato ocorreu durante bloqueio policial na BR-463, região de Ponta Porã, sendo abordado para fiscalização de rotina um ônibus que tinha como destino a cidade de Cassilândia e durante abordagem a pessoas e bagagens, foi primeiramente localizado nas bagagens de Indianara, que trazia consigo uma criança de aproximadamente  ano e oito meses de idade, 18 tabletes de maconha que totalizaram 16 quilos da droga, que relatou ter sido contratada para levar a droga de Ponta Porã à Nova Andradina, com a promessa de receber a quantia de 1,5 mil reais pelo transporte.
 
Em continuidade as abordagens de pessoas e bagagens, foi localizada na bagagem de mão de Dayna, 7 tabletes de maconha que totalizaram 7 quilos da droga. Dayna se identificou como garota de “programa”, e relatou ter sido contratada para levar a droga de Ponta Porã à Três Lagoas, recebendo pelo transporte a quantia de 500 reais. O caso foi registrado individualmente na delegacia de Ponta Porã e a criança foi encaminhada ao conselho tutelar de Ponta Porã.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário