Produtos haviam sido adquiridos na Bolívia.
Durante fiscalização em Três Lagoas, na BR-262, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no início da noite de quinta-feira (15), uma carreta com duas toneladas de roupas produto de descaminho. O motorista do veículo, um homem de 34 anos, foi autuado.
 
No momento da abordagem, o condutor apresentou sinais de nervosismo e contradições nas respostas acerca da origem e destino da viagem, razão pela qual a equipe da PRF procedeu à realização de busca minuciosa na carreta e no motorista. Foram encontrados 25 fardos de peças de vestuário, cada um deles pesando em torno de 85 quilos, totalizando, assim, por estimativa, cerca de 2,125 toneladas de mercadoria. Os referidos fardos encontravam-se na carroceria do semi-reboque encobertos por uma lona. 
 
Indagado pelos policiais, o motorista afirmou que estima que a carga se refira a compras na ordem de R$ 80 mil e que pegou as peças de vestuário na cidade de Corumbá, sabendo ser esta de origem boliviana, para levar para a cidade de Marília (SP). Informou ainda que pela viagem receberia R$ 4 mil, dos quais R$ 1 mil já teriam sido pago antecipadamente.
 
Diante do fato, os PRFs deram voz de prisão ao condutor por descaminho, crime cuja pena prevista é de reclusão de 1 a 4 anos, haja vista que não foi comprovado o pagamento dos tributos devidos no ato do desembaraço fiscal aduaneiro da mercadoria, que se sabe ser oriunda da Bolívia. O motorista foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal em Três Lagoas, juntamente com os veículos e a carga apreendida.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário