Antonio Carlos Garrucho, de 59 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande, na manhã de hoje, após furar sinal vermelho e colidir em outro veículo. O acidente ocorreu por volta das 7h, no cruzamento das Avenidas Guaicurus e Gury Marques, no Bairro Jardim Campo Alto, na Capital.
 
Conforme boletim de ocorrência, uma mulher seguia com o veículo Renault/Logan pela Guaicurus, quando Antonio, que estava em uma moto Suzuki/Intruder pela Gury Marques, acertou o carro dela de frente.
 
A polícia e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados. No local, foi constatado que o motociclista não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e também não portava o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (​CRLV). A moto foi encaminhada ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MS) e a vítima para Santa Casa, onde morreu pouco depois.
 
Com a força da batida, o carro teve que ser guinchado do local. A princípio, a condutora se recusou a realizar o teste de alcoolemia e foi conduzida até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (DEPAC) Piratininga, onde decidiu realizar o teste, que não encontrou álcool no sangue da mulher.
 
Em depoimento, a motorista relatou que não se recordava de detalhes do acidente, mas que conduzia o carro pela Avenida Guaicurus, e, quando o semáforo ficou amarelo, acelerou para concluir o cruzamento da Avenida Gury Marques, momento em que o motociclista acertou o carro dela.

Fonte: Correio do Estado


Deixe seu comentário