A Justiça condenou três pessoas que roubaram uma comerciante na cidade de Aquidauana, em junho do ano passado. A vítima, moradora no Bairro Alto, foi atacada por quatro pessoas armadas que a mantiveram em cárcere e lhe roubaram dinheiro e jóias.
 
De acordo com as investigações conduzidas pela Policia Civil, por intermédio do Núcleo de Inteligência, Investigações e Capturas (Niic), os autores foram identificados como Denner dos Santos Campos, 36, Rosalino Dias Duram, 25, José Jadson dos Santos Silva, 30, e o alcunhado “Pombo” ou “Véio”.
 
No dia 28 de julho deste ano, o Juiz Criminal da Comarca de Aquidauana,  Giuliano Máximo Martins, condenou Denner e Rosalino à penas que somam 11 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, além de multa de 215 dias-multa, à razão de um trigésimo do maior salario mínimo vigente à época dos fatos. 
 
José Jadson recebeu pena de nove anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, além de multa de 146  dias-multa. “ Infere-se das provas dos autos que tanto o réu Denner, quando o acusado Rosalino, em juízo, admitiram que foram os autores do  crime de roubo, o que esta em consonância com as demais provas dos autos. E como se não bastasse, parte substancial dos objetos subtraídos foram recuperados e restituídas à vitima, em razão dos profícuo trabalho de investigação da Policia Civil de Aquidauana”, destacou o Juiz.
 
Para o Delegado Regional de Policia de Aquidauana, Evandro Luiz Banheti Corredato,  “a Polícia Civil tem trabalhado de forma coesa e sistemática, com objetivo de carrear para dentro dos autos as provas e materialidades das praticas criminosas, objetivando com isso a condenação dos autores, o que ficou latente no caso em tela”.
 

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário