Dinheiro usado na compra de votos.
Policiais Civis de Mundo Novo cumpriram na manhã desta quinta-feira (29), mandado de busca e apreensão na Aldeia Porto Lindo, município de Japorã. A ordem foi expedida pelo juiz da 33ª Zona Eleitoral de Mundo Novo, Guilherme Henrique Bento de Almada, contra Rubens Freire Marinho, de 47 anos, irmão do candidato à prefeitura municipal Rudney Marinho. Ele guardava R$ 112 mil supostamente utilizados para compra de votos na região, principalmente por meio de fornecimento de combustível.
 
Ao chegarem à residência, os investigadores iniciaram as buscas e localizaram cédulas divididas em duas sacolas, sendo que a primeira foi localizada em baixo da cama e continha R$ 99 mil. A segunda estava escondida em uma penteadeira onde foram encontrados mais R$ 13.700, totalizando R$ 112.700.
 
Os policias encontraram ainda, em cima do guarda-roupas do quarto de Rubens, um revólver, calibre 38, com duas munições intactas. Foi localizado também um caderno com diversas anotações e listas, e um CPU de computador que estava no escritório da residência. Toda a ação foi acompanhada pela esposa de Rubens, que recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Unidade Policial para as devidas providências.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário