Rotai é sinônimo de combate ao crime na região.
Nesta terça-feira (30), a Rotai (Rondas Ostensivas Táticas do Interior) do 7º Batalhão de Polícia Militar de Aquidauana comemora 16 anos de existência.  A unidade foi criada como alternativa operacional eficaz no combate à violência causada pelas disputas entre grupos rivais na região, incluindo a cidade de Anastácio.

A Rotai é fruto do esforço do tenente Wagner Ferreira da Silva, hoje comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope) sediado na Capital, e já serviu ainda como “Pelotão de Choque” da então 3ª CIPM (hoje 7º BPM), onde executava intervenções em Estabelecimentos Prisionais da região.

Passados longos anos, a Rotai cumpriu seus objetivos iniciais, expandindo-se em suas atuações a cada dia. Hoje, além outrora citado, atua também no combate ao tráfico de drogas, fechamento de pontos de venda de entorpecentes, desarticulação de quadrilhas especializadas no roubos e furtos de veículos e “primeiro interventor” em ocorrências de crise (sequestro e afins).

Junto ao restante do efetivo lotado na área de atuação do 7ºBPM, a Rotai ministra treinamento e difusão de conhecimentos técnicos à luz das legislações que versam sobre as técnicas operacionais e seus fundamentos, adequando-as aos avanços da sociedade. Além de tudo, exerce um papel educador, no tocante as palestras ministradas em outras instituições e órgãos que necessitam de orientações sobre prevenção e consumo de drogas e combate aos mais diversos tipos de violência.

Conta ainda com um Canil Setorial, administrado por policiais militares especializados no uso e emprego de cães em ações policiais e que abriga cachorros adestrados para faro de entorpecentes, guarda, proteção, buscas e capturas. Tal equipe também desenvolve um projeto social denominado “Projeto Pelo Amigo”, na terapia assistida por tais cães, no tratamento de pessoas portadoras de deficiências.
 
Quanto ao seu efetivo, podemos afirmar que são policiais altamente qualificados para atuarem em diversos tipos de ações pois, são especializados em cursos como: Ações Táticas Especiais, Patrulhamento Tático Motorizado e Controle de Distúrbios Civis.

Todas as ações desenvolvidas pela Rotai têm um único objetivo: Servir bem a comunidade local de forma adequada as atuais necessidades. O sucesso ao longo desses anos não veio simplesmente com a mera criação da equipe, mas com o empenho de cada policial militar que, diariamente sai do conforto de seu lar em direção ao teatro de operações, garantindo a ordem, segurança e a paz de cada cidadão.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário