O diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul (Agepen/MS), Ailton Stropa Garcia, reuniu-se na manhã desta terça-feira (31) com o governador Reinaldo Azambuja e com os secretários de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa e de Governo, Eduardo Riedel. O anúncio ocorre no momento em que o setor carcerário enfrente crise devido à ações de facções e investigações sobre corrupção contra servidores.
 
O dirigente falou sobre sua intenção, formalizada agora à tarde, de solicitar, “em caráter irrevogável e irretratável”, sua exoneração do cargo que ocupa desde 13 de abril de 2015. O pedido tem por objetivo permitir que, tanto o Governo e a Sejusp, como o Ministério Público e o Poder Judiciário, apurem, com total isenção e sem qualquer influência de sua parte, sua conduta à frente da Autarquia.
 
Na carta, Stropa afirma “ter a mais absoluta convicção de que todos os seus atos foram revestidos da mais perfeita legalidade e a certeza de que prestou um bom trabalho à frente da instituição neste delicado momento pelo qual passa o sistema penitenciário nacional e estadual, plantando sementes e sonhos que, no tempo de Deus, produzirão bons frutos e trarão melhorias aos servidores e aos índices de ressocialização dos encarcerados que estão nas unidades espalhadas por dezoito municípios de Mato Grosso do Sul”.
 
O dirigente aproveitou do ensejo para enaltecer “os exemplos de retidão e dinamismo do governador Reinaldo Azambuja à frente do Governo Estadual e agradecer seu apoio e carinho, bem como de toda a sua equipe, a ele devotados em todos os contatos e desafios que tiveram”.
 
Para o dirigente, o exercício do cargo, infelizmente, extrapolou o seu sacrifício pessoal e atingiu a sua família. Destacou que deixou a tranquilidade da sua aposentadoria e seus negócios particulares para contribuir com sua experiência, honestidade e dedicação a um setor que entende precisar de uma grande transformação, que, certamente, será atingida pela administração Reinaldo Azambuja.
 
Como suas férias já estavam programadas para o próximo dia 14, Stropa colocou-se à disposição para permanecer em suas funções até o dia 10 próximo, sexta-feira, caso, antes, não seja indicado um novo nome para assumir o cargo interina ou definitivamente.
 
Da mesma forma, colocou-se inteiramente à disposição do novo gestor para quaisquer informações ou esclarecimentos que sejam necessários para que o mesmo desenvolva com sucesso o seu trabalho.
 
Em outra carta ao Secretário José Carlos Barbosa, Stropa apresentou seus mais sinceros agradecimentos pela colaboração e apoio incondicional que dele recebeu durante sua permanência na autarquia, frisando ter absoluta certeza, pelo que já presenciou do trabalho dele à frente da Sejusp e pela sua história de vida e competência, que ele realizará uma grande revolução positiva, tanto na segurança pública, como no sistema prisional de nosso Estado.
 
O dirigente agradece, em especial, a colaboração de todos os servidores, que fazem a grandeza da instituição, a toda a comunidade jurídica e ligada à atividade prisional que com ele se relacionaram no período em que esteve à frente da autarquia e à imprensa, que sempre o tratou com respeito e cumpriu com o dever de bem informar a população.

Fonte: Assessoria


Deixe seu comentário