No mínimo inusitado o relato do soldado do 9º Batalhão de Engenharia e Combate Carlos Camisão, haja vista que a Instituição deve ser lugar de segurança e ordem.
 
No dia 13 de Janeiro, o soldado J.T.A.D. estava de serviço na guarda do 9º BE Cmb e então como procedimento deixou seu aparelho celular cadeado em seu armário. No dia seguinte ao sair de serviço ao dirigir-se ao seu armário para pegar seu aparelho, deparou com o cadeado arrebentado e o celular havia sido furtado.
 
O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana e segue sob os cuidados da delegada Jaíza Teixeira.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário