A Polícia Civil deve abrir inquérito para investigar as causas de morte do pecuarista aquidauanense Joaquim de Carvalho, 86 anos, encontrado ontem à tarde pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), passando mal dentro da camionete e com sangramento no nariz e na boca. O boletim de ocorrência foi registrado como "morte a esclarecer" e o caso será apurado para que se descubra o que aconteceu.
 
Conforme já noticiado,  Joaquim retornava sozinho para Aquidauana quando teve problemas de saúde, perdeu o controle da direção e saiu com a camionete às margens da BR-419. Ele havia saído da fazenda em Bonito, onde deixou o filho. A PRF o socorreu e encaminhou para o Pronto-Socorro do Hospital regional de Aquidauana, no entanto, ele não resistiu e morreu. 
 
O pecuarista era conhecido na região por participar ativamente de leilões de gado e por ter praticamente todos os dentes de ouro.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário