O jovem assassinado...
Terminou na manhã desta quarta feira, 15, na Fazenda Petissa, a 70 quilômetros de Jatei, na região conhecida como Linha do Oculto,  as buscas dos familiares pelo jovem Fernando Maicon da Silva, de 24 anos. Como ele não fazia mais contato há cerca de quinze dias, o irmão Márcio Pereira da Silva, que inclusive sonhara que Fernando estaria morto e enterrado nas proximidades de um riacho, resolveu dirigir-se a propriedade.

Em sua busca, Márcio soube que Fernando morava numa das casas da propriedade com outros três companheiros, todos contratados para fazer uma cerca.  Dos companheiros de empreita do irmão ouviu que ele teria ido embora. Desconfiado, e lembrando do sonho que tivera, resolveu caminhar pela propriedade. Numa terra revirada, coberta por galhos, num brejo, a 700 metros da casa onde esperava ver o irmão, encontrou seu corpo.

Na busca de informações, policiais que estiveram no local convocaram os três companheiros de trabalho de Fernando – G. A de Oliveira e A. A. de Oliveira (irmãos) e S. R. R. de Oliveira (sobrinho) – para esclarecimentos. Durante interrogatório veio à tona que G. de Oliveira costuma falar, quando bebe, que já matou várias pessoas. Coincidentemente a polícia encontrou no local do crime uma bermuda, uma enxada e um fragmento de camisa com vestígio de sangue pertencente a ele, que passa a ser o principal suspeito do homicídio. 

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário