A Polícia Federal através da Superintendência Regional da PF em Mato Grosso do Sul deflagrou na manhã de hoje (30/11), a Operação Patruus II que visa combater o tráfego de arquivos contendo pornografia infantil através da internet em Mato Grosso do Sul.

Cerca de 60 policiais cumprem 12 Mandados de Busca e Apreensão nos municípios de Bonito e Campo Grande/MS, expedidos pela 5ª Vara Federal de Campo Grande – MS.

As investigações tiveram início através de informações advindas de instituições que trabalham ajudando a encontrar crianças desaparecidas, e no combate à exploração sexual de crianças. Isto demonstra o empenho da PF em investigar com base nas informações repassadas pela sociedade.

Ao longo das investigações realizadas pela Delegacia de Defesa Institucional da SR/PF/MS foram identificados 12 suspeitos, sendo 01 no município de Bonito/MS e 11 nesta Capital.

O tráfego de arquivos contendo pornografia infantil através da internet, configura crime previsto no artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente, cuja pena pode chegar a 06 anos de reclusão, além de multa.

A operação foi denominada de “Patruus”, que em latim significa tio. Em julho deste ano a PF prendeu um indivíduo que abusava sexualmente da sobrinha. Esta operação é uma continuidade no combate a este tipo de delito. Todos os materiais  das buscas e apreensões serão trazidos para a sede da Superintendência Regional da PF em Mato Grosso do Sul, a fim de instruírem procedimento investigatório.


Será concedida entrevista coletiva às 10h no auditório da Superintendência Regional da PF em Mato Grosso do Sul, sito à rua Fernando Luís Fernandes 322, Vila Sobrinho - Campo Grande/MS.

Fonte: Assessoria de imprensa da PF


Deixe seu comentário