Policiais Militares Ambientais de Rio Negro realizavam fiscalização preventiva ontem (14) no final da tarde, na região do Corixão, localizada no Pantanal da Nhecolândia no município de Rio Verde de Mato Grosso (MS), quando surpreenderam dois pescadores utilizando tarrafas (petrechos proibidos).

Os infratores iniciavam a pescaria no rio Inhumas, e ainda não haviam capturado pescado, mesmo com o uso do petrecho ilegal do tipo tarrafa, o qual tem alto poder de captura. Não houve tempo, em razão da chegada da fiscalização.
 
Duas tarrafas foram apreendidas. Os pescadores, uma mulher de 26 anos, e um homem de 31 anos, residentes em São Gabriel do Oeste foram autuados por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Os Infratores também foram autuados administrativamente e multados em R$ 700 cada um.
 

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário