O pescado será doado para instituições filantrópicas.
Policiais Militares Ambientais do Distrito de Águas do Miranda, em Bonito estão reforçando a fiscalização relativa à prevenção à pesca predatória, devido a alguns cardumes que já começam a se formar em razão da proximidade do período de piracema e que estão na região.
 
Uma equipe realizava fiscalização no rio Miranda, no município de Bonito, na sexta-feira (16) de madrugada e apreendeu em um rancho pesqueiro 100 kg de pescado ilegal. O peixe estava em um frízer e pertencia a quatro turistas, residentes em Rio Claro (SP) e, portanto, estava acima da cota a qual eles podiam capturar, que seria somente de 10 kg mais um exemplar e cinco exemplares de piranha para cada pescador. O pescado e o frízer foram apreendidos. Os pescadores tinham capturado o pescado no rio Miranda.
 
Os infratores, de 56, 60, 66 e 77 anos, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Bonito, juntamente com o material apreendido, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória e saíram depois de pagar fiança.

A pena é de um a três anos de prisão. Os infratores também foram autuados administrativamente e multados em R$ 2 mil cada um.

O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário