A PMA realizou a contenção do incêndio e mediu a área afetada
Policiais Militares Ambientais de Dourados realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município de Deodápolis e flagraram em uma propriedade rural, localizada na região denominada 9ª Linha, um desmatamento e incêndio florestal na área da reserva legal (área protegida) da propriedade. 
 
No momento em que os policiais chegavam, o infrator fugiu em uma motocicleta. A PMA realizou a contenção do incêndio e mediu a área afetada em GPS que perfez 9 hectares.
 
Desde o dia do fato (14), a PMA iniciou trabalhos em cartórios e solicitando informações de vizinhos para chegar ao autor. Ontem (21) à tarde, o infrator, de 51 anos, foi identificado. Ele, residente em Fátima do Sul, foi localizado e autuado administrativamente e multado em R$ 90 mil.
 
O infrator responderá por dois crimes ambientais: provocar incêndio em mata ou floresta, que prevê pena de dois a quatro anos de reclusão e pelo desmatamento, que prevê pena de três a seis meses de detenção.
 
O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada (PRADE) da área afetada junto ao órgão ambiental.

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário