Policiais Militares Ambientais de Bonito realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município e flagraram em uma fazenda, ontem (26), um desmatamento de vegetação de cerrado, que fora executado sem autorização ambiental. 
 
Além do desmatamento ilegal, a infratora ainda realizou a queima do material lenhoso em leiras, também sem autorização do órgão ambiental competente.
 
O desmatamento e o incêndio do material lenhoso foram realizados em mudança do uso do solo para atividades de plantio de pastagem. A área desmatada foi medida em GPS perfazendo 9 hectares. 
 
Contra a infratora, de 58 anos, residente em Campo Grande foi confeccionado auto de infração administrativo e arbitrada multa de R$ 2.700 pelo desmatamento e R$ 1.000 pela queima do material lenhoso. 
 
Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário