Durante fiscalização no rio Paraná, Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas autuaram um pescador, residente em Vinhedo (SP), por pescar sem licença ambiental.

Ele pescava embarcado ontem (14) no final da tarde, e não havia capturado pescado ainda. Com o pescador foi apreendido um molinete com vara de náilon. Os policias efetuaram auto de infração administrativo e aplicaram multa no valor de R$ 1.200 contra o autuado.
 
A pesca sem licença não é crime ambiental. Trata-se apenas de infração administrativa. Pagando a multa, o infrator poderá ter o material apreendido restituído.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário