O autuado retirava o material com uso de uma máquina pá-carregadeira
Durante fiscalização em um sítio, localizado a 7 km da cidade, nas proximidades da BR 262, Policiais Militares Ambientais de Miranda autuaram ontem (2) à tarde um homem de 56 anos, que realizava extração de cascalho e aterro sem autorização ambiental. A atividade funcionava na propriedade rural pertencente ao infrator, que afirmou que usaria no próprio sítio, porém, a denúncia é de que ele comercializava o produto mineral.
 
No momento em que a fiscalização chegou ao local, o autuado retirava o material com uso de uma máquina pá-carregadeira, que foi apreendida. As atividades de extração do cascalho foram paralisadas pelos policiais. O infrator, residente em Miranda, foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.000. Ele também responderá por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora em desacordo com a autorização ambiental. A pena é de três a seis meses de detenção.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário