O infrator, também transportava 1 motosserra sem nota fiscal
Policiais Militares Ambientais de Corumbá, na tarde de ontem (19) realizavam fiscalização ambiental rural no assentamento tamarineiro I quando abordaram uma caminhonete carregada de com 355 tocos (lenhas) de madeiras, das essências angico (212) e espinheiro (143) e estavam sendo transportadas sem a devida autorização ambiental (Documento de Origem Florestal - DOF), que é obrigatório. 
 
O DOF é o documento ambiental obrigatório para o transporte de produtos florestais. O infrator, também transportava 1 motosserra sem nota fiscal e também não possuía licença de porte e uso (LPU).
 
O responsável (21), residente em Corumbá, informou que não possuía nenhum documento de órgão ambiental. O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 300 pelo transporte do material lenhoso e R$ 1.000 pelo transporte do motosserra. Os materiais apreendidos ficaram depositados no pátio da 2ª Cia. PMA, enquanto a caminhonete, também apreendida, ficou depositado ao autor. O infrator responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.
 

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário