Louise e Sandra na fazenda Nhumirim, durante visita da professora
A pesquisadora australiana Louise Gilfedder visitou a fazenda Nhumirim, da Embrapa Pantanal, em Corumbá, entre os dias 9 e 12 de agosto, para trocar experiências com a colega brasileira Sandra Aparecida Santos sobre ecologia e manejo de pastagens nativas.

Especialista em gramíneas e ecologia de conservação de pastagens nativas, e professora da Universidade da Tasmânia há cerca de 20 anos, Louise passou pelo Brasil para visitar a professora Laura Botelho, em Minas Gerais, vinda do Peru e da Bolívia. Ela é consultora e também desenvolve trabalhos para o governo da Austrália.

Sandra contou que as duas trocaram experiências sobre as pesquisas desenvolvidas com pastagens nativas. "Ela conheceu algumas de nossas pesquisas no campo e, à noite, fizemos apresentações sobre os principais projetos desenvolvidos nessa área", contou Sandra.

 Louise é profunda conhecedora da formatação de guias técnicos, assunto que interessa à pesquisadora brasileira, que planeja produzir um guia sobre pastagens nativas do Pantanal. Como a realidade da Tasmânia é bastante diferente do Pantanal, a parceria entre as duas deve começar pela produção de artigos conjuntos em inglês.

Sandra foi convidada por Louise a visitar a universidade e produzirem artigos em coautoria. "Ela se encantou com o Pantanal e percebeu a complexidade e dinâmica das pastagens nativas, que considerou um grande desafio", afirmou Sandra.

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário