“É preciso que saiba. Que a vida é curta. A vida é curta”, escreveu Clarice Lispector.  Os familiares de Lucélia Mara Marques Pinheiro, de Dourados, estão dizendo isto neste domingo. Logo mais ela será sepultada. Viveu apenas 30 anos. E deixa saudades. Seu fim trágico aconteceu como segue...

Neste sábado, no início da tarde, Lucélia, foi levar almoço para o esposo, que estava num plantão de vendas no loteamento Bonanza, na saída para Ponta Porã. O carro que a conduzia, um Siena, era conduzido por seu Tio, Silvio André. Além deles, duas crianças – de 5 e 10 anos – estavam no seu interior. Quando iam adentar ao local, saindo da BR 463, houve uma colisão com um veículo também modelo Siena, placas OON 9848, de Ponta Porã, que incendiou-se.

O saldo do choque entre os dois veículos: vários feridos, que foram encaminhados a Hospitais da cidade de Dourados e uma morte. Lucélia não conseguiu chegar até o esposo. “Tudo aconteceu em questão de segundos”, narra um motorista que passava pelo local, onde o trânsito é intenso no sábado, pois muitas pessoas dirigem-se ao Paraguai, compras. 

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário