Local onde será construído o residencial.
O prefeito de Anastácio, Douglas Figueiredo, assinou ontem alvará autorizando a construção de 51 casa populares a serem construídas no Residencial Cristo Rei, em área localizada na entrada do conjunto habitacional. 
 
No mês de Maio, o prefeito pleiteou o projeto junto ao Ministério das Cidades, Caixa Econômica Federal e AGEHAB. Como resultado, o município foi contemplado com mais um projeto habitacional de 156 moradias. A partir de então, documentos e procedimentos administrativos vem sem executados pela Caixa Econômica, AGEHAB e Prefeitura de Anastácio.
 
Pelas regras desse novo programa, o município terá a construção das casas em duas etapas, chamadas de módulos. O primeiro módulo será de 51 moradias e o segundo de 105.
 
 “Em Maio, em menos de 1 ano após entregarmos as 809 casas do PAC 2 Minha Casa, Minha Vida, conquistamos mais 156 moradias. Agora, essa semana, já autorizamos a empresa para que possa se instalar e iniciar a construção das primeiras 51 casas. É gratificante saber que estamos ajudando mais famílias a conquistarem o sonho da casa própria via políticas públicas de habitação, que aqui [em Anastácio] funcionam na prática”, completou o prefeito.
 
Agora o próximo passo é com a Caixa Econômica Federal, que é a entidade responsável pela  seleção e a análise do cadastro dos mutuários – cidadãos devidamente inscritos para obtenção de casas populares.
 
Conforme explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Engenheiro Thiago Sanches Alves Corrêa, quem estiver com a documentação aprovada junto a Caixa Econômica Federal poderá assinar o contrato e acompanhar a construção da sua nova casa.
 
“Nós trabalhamos dando celeridade ao que competia ao Município para que ainda esse ano essas casas começassem a serem construídas. Logramos êxito graças a parceria com a AGEHAB e Caixa e ao empenho do prefeito Douglas”, relatou o secretário.
 

Fonte: Da Redação


Deixe seu comentário