Cinquenta famílias indígenas da aldeia Lalima, no município de Miranda, receberam moradias populares construídas com recurso público, neste final de semana. Participaram do ato a Secretária de Estado de Habitação, Maria do Carmo Avesani Lopez,o gerente regional da Caixa Econômica Federal, Ubiratan Rebouças Chaves, e o presidente da entidade Puxarará, Evódio Vargas.

Conforme a Secretária Maria do Carmo, o empreeendimento na aldeia Lalima foi contratado em 2012 e só foi possível ser concluído devido a um auxílio financeiro do Governo de MS , uma vez que as moradias estavam inacabadas. “A obra da Lalima é Recurso Federal com contrapartida Estadual. Nós pegamos essa obra inacabada e decidimos por bem ampliar a contrapartida, dando a chance de concluir as 50 habitações. Muitas famílias estavam aguardando e agora podem contar com a casa própria”, declarou a Secretária.

A índia Terena, Josefa de Souza, que mora na Lalima desde que nasceu, estava muito contente com o sonho realizado. “Estou feliz demais. Esse era meu sonho, faz tempo já, e que está sendo realizado ao receber essa casa. Moro aqui mesmo na aldeia, mas a casa não é minha. A que eu tinha, o fogo acabou com tudo; ninguém sabe o que aconteceu. Mas graças a Deus e a todos que ajudaram a construir essas casas, eu realizo meu sonho. Obrigada”, declarou dona Josefa.

O empreendimento foi construído pelo Programa Nacional de Habitação Rural – PNHR, fruto da parceria entre os governos Federal, Municipal e Estadual, com investimento no valor total de R$ 1.527.202,50. Cada casa entregue possui mais de cinquenta metros quadrados distribuídos em dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

Fonte: Governo do MS


Deixe seu comentário