O presidente da Fiems, Sérgio Longen, visitou, na terça-feira (01), as instalações do Memorial da Indústria, que será inaugurado no próximo dia 17 de novembro. O espaço tem 411 metros quadrados e é a edificação mais antiga do Senai em Campo Grande. 
 
O prédio foi completamente revitalizado e passará a abrigar a história da indústria sul-mato-grossense e das instituições que compõem o Sistema Fiems – Sesi, Senai e IEL. Para Sérgio Longen, a construção do Memorial é um sonho que se realiza. 
 
“Um sonho não só meu, mas de todos os diretores, que ansiavam por um ambiente onde pudéssemos avaliar o que foi feito desde a criação do Sistema Fiems até os dias de hoje”, declarou o presidente da Fiems, completando que o local ainda terá espaço para arquivar as futuras realizações do setor no Estado. “É a indústria do passado, a indústria do presente e a indústria de amanhã”, comentou.
 
O Memorial reúne fatos históricos referentes ao desenvolvimento industrial de Mato Grosso do Sul, com ênfase no trabalho da Fiems, do Senai, do Sesi e do IEL. Também oferece opções interativas para os visitantes, que podem assistir a vídeos e escutar áudios gravados especialmente para o espaço.
 
No espaço, será possível gravar depoimentos que serão disponibilizados para os futuros visitantes. O Memorial faz parte de um conjunto de obras realizadas no Senai de Campo Grande, estando ao lado do novo bloco da Faculdade de Tecnologia (Fatec) e da nova área de receptivo da instituição, com investimento total de R$ 19,5 milhões.

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário