A exemplo do Brasil, Mato Grosso do Sul levou “bomba” no Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes). A avaliação mostra queda de desempenho nas três disciplinas analisadas: Ciências, Leitura e Matemática. Mas foi na última o pior resultado. A prova foi aplicada em 2015 e o resultado divulgado nesta terça-feira (dia 6).
 
Em Matemática, o Estado ficou em 11º lugar no ranking nacional, mas a nota foi bem abaixo da obtida no último levantamento. Na edição divulgada hoje, Mato Grosso do Sul aparece com 377 pontos. Enquanto no Pisa de 2012, divulgado em 2013, a pontuação foi de 408. Na Matemática, a pontuação segue a média do Brasil, que também é de 377 pontos.
 
O melhor resultado do Estado foi em Leitura. Mato Grosso do Sul tem 411 pontos, que o colocou na oitava colocação se comparado às demais unidades da federação. A média do Brasil foi de 407 pontos na disciplina. Em Ciências, MS aparece na 9ª colocação. O Estado teve 403 pontos, enquanto a média do Brasil foi de 401. A avaliação engloba todas as redes de ensino.
 
O Pisa testa os conhecimentos de estudantes de 15 anos. A avaliação é feita a cada três anos, e cada aplicação é focada em uma das áreas. Em 2015, o foco foi em ciências, que concentrou o maior número de questões da avaliação. Ao todo, o programa é aplicado em 72 países.
 
De acordo com a Agência Brasil, na comparação com os demais países, o Brasil ocupa a 63ª posição em Ciências; a 59ª posição em Leitura e a 65ª posição em Matemática. Os dados são divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

Fonte: Campo Grande News


Deixe seu comentário