Depois do temporal que causou destruição e alagamentos ontem à tarde por toda a Capital, equipes da prefeitura fazem limpeza em alguns pontos da cidade e sinalizam outros que proporcionam risco aos motoristas. O problema é que ameaça de novo temporal preocupa moradores assustados ainda com os estragos de ontem.
 
Na Avenida Rachid Neder com a Ernesto Geisel, ponto onde alagamento deixou até família ilhada, pedaços do asfalto se soltaram. Sujeira e lama são retiradas por maquinários da prefeitura.
 
Ontem, durante o temporal, família foi salva por operários de construção de prédio, que formaram “corrente humana” para resgatar as pessoas. O armador Vagner Reis, de 41 anos, ajudou a família e conta que todos operários da obra se mobilizaram.
 
Além das equipes que contam com 50 funcionários da prefeitura, trabalhadores da concessionária CG Solurb também auxiliam na limpeza dos pontos mais críticos da cidade.
 
Ni bairro São Francisco, no entanto, o trabalho é alvo de críticas porque uma pá carregadeira operada por servidor da prefeitura tirava lama do asfalto e depositava em bueiros.
 
“Limpar com chuva não resolve, ainda mais colocando todo o barro dentro do bueiro”, disse o pedeiro Hamilton Camargo Gomes, de 56 anos.
 
Problemas no asfalto também são registrados em vários bairros, no Estrela do Sul, na Rua das Balsas, cratera aberta ontem foi sinalizada hoje por equipe da concessionária Águas Guariroba e suportes foram colocados na tubulação. Ainda não há previsão de quando o buraco será fechado e a rua segue interditada.
 
Equipes da Defesa Civil da Capital estão em alerta por conta de mais possibilidade de temporais nesta sexta-feira.
 
 

Fonte: Correio do Estado


Deixe seu comentário