Recebendo público superior a duas mil pessoas nas rodadas anteriores, o Estádio Pedro Pedrossian (Morenão) será palco, neste fim de semana, de três partidas válidas pela primeira fase do Campeonato Estadual 2017, que conta com o apoio do Governo do Estado/Fundesporte.
 
No sábado, rodada dupla com Serc (Chapadão) x Comercial, às 16h, e União/Abc x Costa Rica, às 18h. No domingo, às 16h, Operário x Novoperário, no Morenão. Completando a rodada, jogam no Estádio Saraivão, às 17h, Ivinhema e Corumbaense, estreantes na temporada.
 
No Grupo A, Operário e Comercial são os líderes, com três pontos cada. O Galo estreou na quarta-feira com goleada sobre o União/Abc, por 4 a 0. O colorado venceu o Novoperário, na abertura do campeonato, por 2 a 1. No Grupo B, o único jogo realizado deu empate, entre 7 de Setembro e Naviraiense (1 a 1).
 
Governo presente
 
A temporada do futebol profissional deste ano contou com a reabertura do Estádio Pedro Pedrossian, na Capital, que ficou 1022 dias fechados por decisão judicial. A liberação do estádio para jogos do campeonato foi garantida pelo Governo do Estado, que investiu R$ 200 mil em obras e equipamentos de segurança para atender o Estatuto do Torcedor.
 
Numa segunda fase, o governo estadual, por meio da Fundesporte, complementará o projeto de revitalização da principal praça esportiva do Estado, com obras de adequações no setor de descobertas e instalação de novos sistemas de iluminação e para-raios, com conclusão prevista em outubro.
 
Quem apita
 
Na rodada de sábado, no Morenão, o jogo Serc x Comercial terá a arbitragem de Thiago Alencar Gonzaga, auxiliado por Claysson Vieira de Moraes e Antônio Donizete Rodrigues. Na sequencia, Edson Ribeiro apitará União/Abc x Costa Rica, auxiliado por Lucas da Cruz e Luiz Carlos Resende.
 
O trio de arbitragem para o jogo de domingo, entre Novoperário e Operário: Paulo Henrique de Melo Salmazio, Ruy César Lavarda e Bruno de Andrade Martins. No Saraivão, Ivinhema x Corumbaense terá a arbitragem de Neuri Antônio Pryzbulinski.

Fonte: Governo do MS


Deixe seu comentário