A torcida empurrou o atleta da casa, mas Ricardo e André Stein (BA/ES) demonstraram um voleibol muito consistente para vencer a etapa de Campo Grande (MS) neste domingo (25.09). O baiano e o capixaba superaram Saymon (MS) e Álvaro Filho (PB) por 2 sets a 0 (21/17, 21/17), em 44 minutos, conquistando o primeiro título da parceria. Foi também o primeiro ouro da carreira do capixaba André, de apenas 22 anos, no tour nacional.
 
A medalha de bronze ficou com os atletas olímpicos Evandro e Pedro Solberg (RJ), que superaram Léo Gomes e Ferramenta (RJ) por 2 sets a 0 (21/15, 21/15), em 39 minutos de jogo, completando o pódio da etapa de abertura do Circuito Brasileiro Vôlei de Praia Open.
 
Se André Stein conquistou o primeiro ouro do tour nacional, o campeão olímpico Ricardo é um ‘papa títulos’ e chega ao seu 54º título de etapa do Circuito. Foi a quarta vez que o baiano saiu com o primeiro lugar nas etapas realizadas no Mato Grosso do Sul, atrás apenas de Emanuel, com cinco conquistas. Ricardo comemorou a vitória atuando agora no fundo de quadra.
 
"Essa semana foi bastante difícil para mim, treino na Paraíba com Saymon, Vitor, Alvinho, Jô e acabei sentindo uma lesão nas costas. Fiquei de terça a quinta-feira sem poder encostar na bola, apenas tratando a lesão. Tenho que agradecer ao Jorge Santos (fisioterapeuta da CBV), que me colocou em condições de jogo", disse Ricardo, que elogiou demais o parceiro.
 
"André foi um monstro nesses dias de competição, me ajudando bastante, sendo um grande bloqueador. Estou muito feliz com essa parceria, André é um jovem que está evoluindo muito. Na minha idade, mais importante é passar minha vivência a ele, ajudar nessa renovação, ele está mostrando capacidade de ser vencedor", completou.
 
André também comemorou a vitória e elogiou a torcida sul-mato-grossense, que, apesar de torcer para Saymon, atleta da casa, respeito os dois times e lotou a arena.
 
"O público deu show, foram muito educados, fizeram barulho e completaram o espetáculo dentro de quadra. Fizemos nosso melhor contra uma dupla que está apenas na primeira competição jogando juntos, serão um time forte demais, mas conseguimos superar o cansaço e as dores. O Ricardo é um craque, aprendo muito com ele", disse o capixaba.
 
O Jogo
A partida começou debaixo de sol forte, com bastante equilíbrio. Em potente ataque, André abriu 5 a 3 de vantagem. Ricardo, no fundo de quadra, demonstrava repertório variado, com largadas e cortadas potentes. Empolgado pelo apoio da torcida, Saymon virou o placar para 9 a 8 em ponto de saque. Aos poucos, porém, André e Ricardo foram dominando e abriram vantagem, anotando 17 a 14 em ataque para fora de Saymon. Eles fecharam o set em 21 a 17.
 
A segunda parcial também começou com equilíbrio. O bom posicionamento de bloqueio e defesa, porém, dificultava a virada de ponto de Saymon e Alvinho. Em contra-ataque de Ricardo, ele e o parceiro aumentaram para quatro pontos a vantagem: 10 a 6. André passou a anotar vários pontos de bloqueio. Em mais um no fundamento, a dupla vencia por 16 a 9, com a vitória bastante encaminhada. Em largada no fundo de quadra de André, fim de jogo por novo 21 a 17 e 2 sets a 0 no placar.
 
Cada dupla campeã de uma etapa do Open soma 400 pontos no ranking da temporada, além de levar para casa um prêmio de R$ 45 mil. Todas as equipes são premiadas, e somando os dois naipes, o torneio distribui mais de R$ 420 mil aos atletas.
 
O Circuito Brasileiro 2016/2017 é composto por nove etapas, cinco delas que ocorrem até o final deste ano, enquanto outras quatro serão realizadas em 2017, com cidades a definir. Além de Campo Grande, o tour nacional passará por Brasília (DF), Uberlândia (MG), Curitiba (PR) e São José (SC). Confira as datas das etapas confirmadas abaixo.

Fonte: CBV


Deixe seu comentário