Os atletas de Mato Grosso do Sul começaram bem as Paralimpíadas Escolares. Somente no primeiro dia de competição, no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP), conquistaram 13 medalhas: sete ouros, três pratas e dois bronzes.
 
As duas primeiras vieram na dobradinha do arremesso de peso, classe F13, categoria B (15 a 17 anos). O ouro ficou com Felipe Alves que atingiu a marca de 11,65m e a prata com Igor Miranda que arremessou o peso a 10,76m.
 
Outras sete medalhas foram ganhas na mesma modalidade: os ouros de Felipe Tolon (F57), Gustavo Gomid (F37), Omízia Santos (F40) e Daiane Arevalo Benites (F37); a prata de Nínive Leite (F20)  e os bronzes de Joao Victor Martins (F37) e Cleiton Junior (F20). Destaque para a indígena Guarani, Daiane que arremessou o peso a 6,99m, em sua primeira participação na categoria A (12 a 14 anos). “Eu tenho bons resultados nos estaduais e esperava ir bem aqui também. Não foi uma surpresa ganhar a medalha”, disse a atleta.
 
Não foi só no arremesso de peso que os atletas de MS se destacaram. Adrieli Vilhalva se garantiu entre as melhores do salto em distância, classe T47, categoria B, e abocanhou a prata.
 
No lançamento de pelota, modalidade característica das Paralimpíadas Escolares, um atleta do Estado chegou ao lugar mais alto do pódio. Yuki Rodrigues foi o campeão na F46.
 
Nas provas de pista, Mato Grosso do Sul também foi ouro. Nos 200m rasos, categoria T13, Joelma Lacerda deixou as adversárias comendo poeira. O veterano Brayan Felix assegurou o bronze nos 400m rasos da classe T35.
 
“Estamos muito satisfeitos com os resultados. Sabemos do potencial dos nossos atletas. Temos certeza de que esse foi apenas o começo de uma competição repleta de conquistas”, disse o chefe da delegação de MS, Levy Britto Coutinho.
 
As Paralimpíadas Escolares seguem até hoje. Mato Grosso do Sul participa com 49 atletas, em seis modalidades: atletismo, bocha, judô, futebol de 7, tênis de mesa e natação. A meta é bater as 38 medalhas conquistadas em 2015. A delegação é chefiada pela Fundesporte e conta com o apoio do Governo do Estado.

Fonte: Fundesporte


Deixe seu comentário