Instituições federais de ensino vinculadas ao Ministério da Educação vão receber R$ 368 milhões para manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil. A verba deverá ser aplicada nos gastos de água, luz, internet e na compra de materiais que integram a rotina das unidades. O anúncio foi feito na última sexta-feira (2), pelo ministro da Educação, Mendonça Filho.
 
Desde maio de 2016, o MEC já repassou mais de R$ 3,1 milhões às instituições federais de todo o País. A maior parte dos valores, R$ 271 milhões, foi repassada às universidades federais, incluindo repasses para hospitais universitários. Já a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica recebeu R$ 95,45 milhões.
 
Superior 
 
Na semana passada, o MEC concedeu, ainda, R$ 31,89 milhões para a educação superior. A maior parte dos recursos, R$ 16,57 milhões, será aplicada no Programa Nacional de Assistência Estudantil para as Universidades Estaduais (Pnaest). Os valores serão destinados ao pagamento de convênios firmados em 2014, mas cujos recursos financeiros foram liberados somente neste ano.
 
Já os outros R$ 15,32 liberados serão destinados ao Programa de Apoio à Extensão Universitária (Proext), que serão aplicados no pagamento de convênios firmados em 2015 para apoiar 29 programas ou projetos de extensão formulados por instituições comunitárias, estaduais ou municipais.
 
 

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação


Deixe seu comentário