Uma comissão da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (FETEMS) se reuniu, na manhã de terça-feira (18), com o secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, no intuito de debater questões relacionadas à valorização dos trabalhadores em educação da Rede Estadual de Ensino.
 
De acordo com o presidente da FETEMS, Roberto Magno Botareli Cesar, a reunião foi extremamente positivas e a pauta de debate é sobre o reajuste dos professores de 5,92% que é para ser concedido agora em outubro, referente à política salarial de implantação do piso por 20h, o retroativo de janeiro do Piso Nacional dos Professores, pois o mesmo foi concedido a partir de fevereiro e a legislação prevê o início do ano letivo, então faltam 11,36% de um mês no salário dos educadores, o pagamento do 13° salário, a incorporação do abano no salário dos administrativos e o pagamento de 1/3 de hora-atividade de 2013, para quem estava em sala de aula, referente à ação judicial ganha pela Federação.
 
O presidente, Roberto Botareli, informou que as negociações caminharam e que ficou estabelecido uma reunião, amanhã, quinta-feira (20), às 9h, na governadoria, entre uma comissão da entidade e o governador, Reinaldo Azambuja e sua equipe, onde as negociações serão finalizadas e a categoria saberá qual serão os encaminhamentos.
 
Participaram da reunião com o secretário de governo pela manhã, além do presidente da entidade, o secretário de finanças, Jaime Teixeira e o secretário dos administrativos em educação, Wilds Ovando.
 

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário