O setor de serviços voltou a crescer em julho ao registrar expansão de 0,7%, maior alta já registrada para o mês desde 2012, quando o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) começou a desenvolver essa pesquisa. 
 
Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (16) e mostram que esse resultado do período foi puxado por dois grupos: serviços prestados às famílias, com alta de 3,2% no mês; e outros serviços, com ganhos de 1,9%. 
 
A Olimpíada do Rio de Janeiro pode ter tido impacto sobre esse desempenho, já que julho foi o mês que antecedeu a abertura dos Jogos e muitos estrangeiros já estavam no Brasil – as atividades turísticas cresceram 0,7% no período.
 
Dentro dos subgrupos, seis registraram taxas positivas. Serviços de alojamento e alimentação avançaram 2,6%; outros serviços prestados às famílias também cresceram 2,6%.
 
Números positivos
 
A lista segue com serviços de tecnologia da informação (2,1%), serviços audiovisuais, de edição e agências de notícia (0,2%), transporte aquaviário (7,9%) e atividades turísticas (0,7%).
 
O IBGE informou, ainda, que oito das 27 unidades da Federação apresentaram resultados positivos, com as maiores variações em Mato Grosso (3,8%), Pernambuco (2,1%) e São Paulo (1,9%). Esse desempenho levou a um crescimento de 1,2% na receita das vendas do período.

Fonte: Governo Federal


Deixe seu comentário