Mesmo após o anúncio da Petrobras de redução dos preços da gasolina nas refinarias, o preço do combustível nas bombas para o consumidor final seguem em alta no Brasil. Em Mato Grosso do Sul, nesta semana, houve aumento médio de quase três centavos (R$ 0,029) na gasolina. No país, o valor subiu R$ 0,017 centavos.
 
O levantamento foi realizado pela ANP (Agência Nacional de Petróleo) em 81 postos de combustíveis em Mato Grosso do Sul a partir do dia 16 deste mês. O preço médio registrado no Estado foi de R$ 3,499, enquanto que nas semanas anteriores foi de R$ 3,470, R$ 3,455 e R$ 3,441, respectivamente.
 
Apesar da constante elevação, os valores em Mato Grosso do Sul seguem abaixo da média nacional, que conforme a ANP, chegou ao preço de R$ 3,671 nesta semana - foram pesquisados 5.667 postos no período.
 
A justificativa para o constante aumento nos postos está também na pesquisa, que mostra constante aumento nos preços nas distribuidoras - assim, os postos repassam este aumento também no valor final do produto.
 
No Brasil, o preço médio nas distribuidoras foi de R$ 3,219 esta semana, enquanto que em Mato Grosso do Sul o preço foi de R$ 3,103 - dando margem de ganho bruto, sem considerar os gastos operacionais dos postos, de R$ 0,396. Nas semanas anteriores, o valor, segundo a ANP, foi de, respectivamente, R$ 3,082, R$ 3,055 e R$ 3,049.
 
Capital é a mais barata - Apesar de registrar altas - da semana passada para esta, o aumento foi de R$ 0,045 centavos - também constantes, Campo Grande é a cidade sul-mato-grossense com o menor preço, que fica bem abaixo da média estadual.
 
Os dados da ANP apontam que nesta semana o preço nos postos de combustíveis ficou na casa dos R$ 3,358, contra R$ 3,313 na semana anterior - entre 2 e 8 de outubro, era de R$ 3,296, enquanto que entre 25 de setembro e 1º de outubro, foi registrado valor de R$ 3,279. Aqui, foram 31 postos pesquisados.
 
Se de um lado a Capital registrou os menores preços, na outra ponta nesta semana está Paranaíba, a cidade com a gasolina mais cara entre as oito pesquisas no Estado. Lá, preço médio da gasolina atingiu R$ 3,968.
 
Logo atrás aparece Dourados, com média de R$ 3,764, seguido por Corumbá (R$ 3,754), Três Lagoas (R$ 3,734), Corumbá (R$ 3,754), Coxim (R$ 3,651), Ponta Porã (R$ 3,629) e Nova Andradina (R$ 3,576).
 
Nessas cidades, o preço do combustível nas distribuidoras também é mais caro, mas também é verificado uma margem de lucro maior entre os postos, o que pode ser explicado pelo menor nível de concorrência.
 
Em Paranaíba, a margem média de ganho chega a R$ 0,895, enquanto que na Capital foi de apenas R$ 0,274, de acordo com a ANP. Outro exemplo Dourados, onde o ganho para os postos é de, em média, R$ 0,627.

Fonte: Nyelder Rodrigues - Campo Grande News


Deixe seu comentário