O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), mais conhecido por ser o principal indexador do reajuste do aluguel, desacelerou de setembro para outubro. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), passou de 0,20% para 0,16% entre um mês e outro.
 
Com esse desempenho, o IGP-M em 12 meses desacelerou de 10,66% em setembro para 8,78% em outubro. Essa desaceleração, informou a FGV, foi puxada pela inflação da construção civil, que passou de 0,37% para 0,17%.
 
Outros componentes do IGP-M também colaboraram para o resultado do período. O Índice de Preços ao Produto Amplo (IPA) passou de 0,18% para 0,15%. Esse recuo é importante porque mostra que o setor produtivo está recompondo margens de lucro e começam a ter mais espaço para fazer investimentos e contratar.
 
O Índice de Preço ao Consumidor (IPC), que também é parte da conta que formo o IGP-M, também apresentou desempenho favorável ao registrar variação de 0,17% em outubro.
 
Preço dos alimentos
 
Segundo a FGV, apresentaram decréscimo em suas taxas de variação os grupos: Alimentação (0,09% para -0,22%), Educação, Leitura e Recreação (0,56% para -0,24%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,40% para 0,35%).

Fonte: Governo Federal


Deixe seu comentário