Teria o carro roubado... se não fosse um “misterioso salvador – Aconteceu na noite desta terça feira, 07, em Cuiabá, Mato Grosso.  Na Av. Fernando Correa da Costa, um cidadão ouviu as palavras que geram terror em qualquer um: “É um assalto!”.  Dois assaltantes, que estavam em uma Moto, queriam o carro. Quando a vítima começou a seguir o rito recomendado, nestes casos, de não reagir, ouviu-se três tiros. Não eram nele. Mas, num dos assaltantes. Segundo revelou a Polícia, depois do susto, uma pessoa armada teria se aproximado e atirado. Um dos assaltantes caiu, sem vida. O misterioso “salvador” deixou o local. O outro assaltante, espantado, fugiu.

Sequestradores descuidam e mulher acaba fugindo de cativeiro – Ainda nesta terça, 07, coincidentemente no “outro” Mato Grosso, uma mulher, corajosa, conseguiu fugir de um cativeiro e com isto evitou um final que poderia consequências desagradáveis. Renata Morais Cajango Silva, 30, esposa de um gerente de Banco, residente em Paranatinga, estava em casa com seu bebê de dois meses, quando recebeu uma visita indesejada. Dois homens, encapuzados e armados, invadiram sua casa, anunciando que se tratava de um sequestro. Levada a um cativeiro, enquanto os sequestradores negociavam um resgate de R$ 400 mil, ela conseguiu fugir, pulando uma cerca, com o bebê no colo, e procurando ajuda. Quando chegou ao local, a Polícia não encontrou mais os sequestradores.

Não morreu por pouco! – O condutor de uma Motocicleta quase morreu, em cima do viaduto da MT 040, no Coxipó, também em Mato Grosso.  O motorista de um micro-ônibus parou o veículo, com defeitos mecânicos, mas não sinalizou o local.  O motociclista que vinha logo atrás não percebeu que o veículo estava parado. Teve, porém, tempo para pular antes da colisão. Ele teve escoriações, no choque com o solo. Sua Moto foi parar debaixo do micro-ônibus. Quem presenciou a cena deu um veredito: “Ele nasceu de novo. Se não pula teria morrido”.

Fonte: VSM para O PANTANEIRO


Deixe seu comentário