Conhecido por suas composições intuitivas e marcantes, o violonista Murilo Martinez vai apresentar sua técnica elogiada no último dia do Festival América do Sul Pantanal (FASP), que acontece em Corumbá e nas cidades bolivianas de Puerto Quijarro e Puerto Suarez, de 11 a 14 de novembro de 2016. O show será no Porto Geral de Corumbá às 17h30.
 
Natural de Três Lagoas (MS), Murilo usa a técnica fingerstyle, na qual se toca o violão fazendo a melodia, a harmonia e o ritmo ao mesmo tempo. O estilo impressiona tanto quanto a beleza de suas composições.
 
Violonista instrumental e autodidata, sua música chegou ao sul da Alemanha em 2015, mesclando técnicas do violão fingerstyle contemporâneo com suas influências regionais. Utilizando afinações alternativas no violão percussivo, suas composições remetem aos aspectos de harmonia com a natureza, típicos do MS.
 
O primeiro álbum instrumental do violonista, “Sinfonia do Silêncio”, teve seu lançamento oficial no Sesc São Carlos, em setembro de 2011. Atualmente, o músico está em processo de finalização do projeto “Duon”, onde toca violão-Harpa, viola e violão em dueto com o violinista Francis David. Projeto do qual vai apresentar durante seu show no 13º Festival América do Sul Pantanal. “O Duon nasceu da ideia de mesclar as sonoridades melódico-harmônicas de dois instrumentos, exaltando e unindo a sensibilidade sul mato-grossense com a melodia clássica, é o que pretendo mostrar ao público do Festival”, antecipou Murilo.
 
O show do artista tem duração de 40 minutos, sendo executado com violão de 6 cordas de aço, violão harpa de 12 cordas, viola de 10 cordas e violino. A faixa etária para a apresentação é livre. Todas as músicas são composições de Murilo Martinez.

Fonte: Alexander Onça, Assessoria de Comunicação da Fundação de Cultura de MS.


Deixe seu comentário