Adolescente de 15 anos foi apontado pela Polícia Civil como "dono de boca de fumo" em Dourados e principal suspeito de ter matado Maiara Terezinha de Paula, de 23 anos. Ela morreu depois de ser atingida por três tiros na Vila Cachoeirinha.
 
O jovem foi apreendido na quinta-feira (2), por volta das 4h, por equipe do Setor de Investigações Gerais (SIG), mas o caso só foi divulgado hoje pela Polícia Civil.
 
Os policiais montaram investigação depois que a Polícia Militar atendeu ao assassinato de Maiara. A mulher foi socorrida para o Hospital da Vida, em Dourados, e relatou que os autores dos disparos eram duas pessoas conhecidas no bairro Vila Cachoeirinha.
 
O SIG passou a acompanhar a ocorrência a partir das informações da vítima e identificou o adolescente. Depois de apreendido, ele primeiro negou participação, mas depois de ser confrontado com outras informações que os investigadores coletaram, acabou confessando.
 
Em depoimento, o adolescente alegou que Maiara era usuária de drogas e tinha feito ameaças a ele com uma faca. Por isso, decidiu matá-la. O trabalho investigativo indicou que o jovem vendia entorpecente na região.
 
Não foi divulgado detalhes sobre a segunda pessoa que a vítima relatou ter participado do crime.

Fonte: Correio do Estado


Deixe seu comentário