Um cabo do Corpo de Bombeiros de Nova Andradina, a 300 km de Campo Grande, conseguiu salvar, por telefone, uma criança de vinte e quatro dias que se afogou com a medicação oferecida pela tia, na noite de sexta-feira (29).
 
Conforme publicado pelo site Nova News, a tia ligou desesperada para 0 193 e informou que utilizava uma espécie de seringa para ministrar uma medicação via oral ao bebê, quando percebeu que ele havia se afogado e não estava conseguindo respirar.
 
O bombeiro disse à mulher que posicionasse o recém-nascido de bruços na palma da mão e que, com dois dedos da outra mão desse suaves toques, como que tapinhas, nas costas do bebê. Feita a manobra, o bebê conseguiu expelir o líquido e voltou a respirar. “Foi um alívio quando ouvi o choro da criança pelo telefone”, relato o militar.
 
Após salvar a criança, o bombeiro conseguiu obter a informação sobre o endereço da vítima e uma viatura foi encaminhada para o local. Quando o veículo chegou, a criança já estava estabilizada e foi encaminhada para o Hospital Cassems apenas para ser submetida a avaliação médica.
 
“Em casos como estes, quando a vítima não consegue respirar, o atendimento deve ser feito de forma rápida e precisa. Cada segundo parece uma eternidade”, explicou o bombeiro.

Fonte: Anny Malagolini - Campo Grande News


Deixe seu comentário