De acordo com o D.O.E. (Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul) desta terça-feira (22), os testes físicos realizados em concursos públicos estaduais serão filmados e podem ser utilizados em grau de recursos. A proposta foi apresentada pelo deputado estadual Coronel David (PSC) e levada ao governador Reinaldo Azambuja, que sancionou a lei, que está em vigor a partir de hoje.
 
Na publicação, consta que, os exames de capacidade física serão obrigatórios e integralmente filmados pela Comissão Organizadora. Os candidatos serão identificados por uma numeração, acrescida da data e do local onde foi realizado o teste, conforme a ata do concurso em vigência.
 
As filmagens podem ser requisitadas pelo candidato, por meio de recurso administrativo ou de medida judicial. "Serão fornecidas cópias dos arquivos de filmagens a todo interessado que o solicitar, mediante o pagamento de taxa a ser estabelecida pelo Poder Público", conforme a lei.
 
Estas filmagens serão mantidas em arquivos pelo Poder Público por, no mínimo, 90 dias após a homologação do resultado do concurso.
 
"A proposta surgiu por conta de inúmeros recursos judiciais de candidatos que atrasavam o andamento do concurso. Isso não só prejudica o cronograma do edital, mas a sociedade, que de maneira geral, anseia pelo serviço de um policial ou de um bombeiro. Com a filmagem do teste físico, o processo seletivo torna-se ainda mais transparente", frisou o deputado estadual Coronel David.

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário