Nomes de peso nacional e regional em diversas áreas estavam em Corumbá-MS entre os dias 7 e 9 de setembro para participar da 22ª edição do SUECO (Simpósio das Unimeds do Centro-Oeste e Tocantins). O evento discutiu os Desafios e Perspectivas do Cooperativismo por meio de uma programação composta por palestras, mesas redondas e apresentações culturais, unindo discussões aprofundadas e subsídios sobre o cooperativismo médico a atrações culturais e turísticas da região do Pantanal sul-mato-grossense.
 
Organizado pela Federação das Unimeds de Mato Grosso do Sul, o encontro debateu a importância da integração entre as singulares das Unimeds e o fortalecimento do cooperativismo e das comunidades onde elas atuam. Outro propósito do evento foi oferecer aos congressistas o contato com a culinária, a música e a natureza locais. Corumbá é o coração do Pantanal e, além de ser uma ótima opção turística, abriga uma singular importante do nosso Estado, afirma o Dr. Fernando Augusto Abdul Ahad, diretor presidente da Federação.
 
O Sicredi foi um dos patrocinadores do evento, pois incentiva o fomento e discussões sobre o cooperativismo. “Atualmente temos muitos desafios a serem superados e por isso, eventos como este só fortalecem nosso segmento que a cada dia se solidifica e cresce no país”, afirma Celso Régis, vice-presidente da Central Sicredi Brasil Central.
 
A abertura oficial do encontro, às 20 horas do dia 7 (quarta-feira) na Chácara 1054, próxima ao SESI Corumbá, teve a palestra magna do médico nefrologista Dr. Eudes de Freitas Aquino, presidente da Unimed do Brasil e vice-presidente da Organização Internacional de Saúde Cooperativa contando com a presença de mais de 200 pessoas. Considerado pela revista Forbes uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil em 2015, ele falará sobre Cooperativismo e seus desafios no cenário político-econômico atual.
 
O primeiro dia de discussões, dia 8 (quinta-feira), no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez, no Porto Geral de Corumbá, começou com a palestra do procurador da República Diogo Castor de Mattos, professor de Direito Penal da ESMPU (Escola Superior do Ministério Público da União). Ele ganhou notoriedade nacional por integrar a força-tarefa do MPF (Ministério Público Federal) na Operação Lava Jato, em Curitiba-PF, e abordará o tema Ética, Motivação e Lava Jato.
 
No mesmo dia, o jornalista e escritor José Nêumanne Pinto, ganhador do Prêmio Esso de Jornalismo Econômico, considerado o mais importante do País na área. Ele abordou a conjuntura política brasileira na palestra Direto ao assunto: Política Nacional, em referência ao quadro Direto ao Assunto, que manteve durantes vários anos em diversos telejornais da emissora de TV SBT. Com 12 livros publicados, nas áreas de jornalismo e literatura, atualmente é comentarista da Rádio Estadão.
 
Já no dia 9 (sexta-feira), o destaque foi o desembargador Miguel Kfouri Neto, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (2010-2012), que tratou de Responsabilidade Civil do Médico, título de um de seus livros. Doutor em Direito das Relações Sociais pela (PUC-SP) Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, também é professor do Curso de Mestrado em Direito pelo Centro Universitário Curitiba.
 

Fonte: da Redação


Deixe seu comentário