O Prefeito do município de Camapuã, Delano Huber, após visitar os prédios públicos, percorrer os bairros e conversar com a população nas ruas, reuniu seu secretariado na manhã desta sexta-feira, 06 de janeiro, para fazer um diagnóstico da atual situação do município e elencar as necessidades mais urgentes.

De posse de imagens que expõe o estado de abandono em que se encontram boa parte dos prédios públicos que visitou, das condições precárias e sujeira das ruas, e ainda dos relatórios parciais de seus secretários, Delano decidiu decretar situação de emergência no âmbito da Administração Pública Municipal.

O Decreto que tem duração de 180 (cento e oitenta dias), a contar do dia 02 de janeiro, permite que neste período, a administração municipal possa executar serviços e realizar compras emergenciais, que conforme o Prefeito podem evitar prejuízos ainda maiores. “A estrutura toda esta abandonada, mas o que mais nos preocupa são os postos de saúde, por que quem está doente não pode esperar”. Completou.

Além de locais onde a agua está empoçada dando oportunidade para proliferação de doenças, Delano comentou ainda sobre sua preocupação com os prédios que estão com portas e janelas quebradas, expostos ao tempo e sem segurança.

O Prefeito que até o momento não recebeu a prestação de contas da gestão anterior, teme ainda que a demora em receber esses documentos venha a lhe trazer alguma surpresa desagradável. “Não sabemos quanto tem no caixa. Não podemos depender disso pra começar a agir”. Justificou.


Fonte: Assessoria


Deixe seu comentário