A CCR MSVia deu início na sexta-feira (07) à Operação Nossa Senhora Aparecida, na BR-163/MS. Durante a ação, que termina na quarta (12), a Concessionária prevê que aproximadamente 290 mil veículos passem pela rodovia no período do feriado prolongado.
 
Segundo o levantamento feito pela CCR MSVia, os horários de maior movimento de tráfego serão das 16h às 18h na sexta (média de 3.788 veículos/hora) e das 15h às 16h no sábado (média de 3.912 veículos/hora). Para o retorno, o pico de tráfego deve se concentrar das 16h às 17h na terça (média de 3.331 veículos/hora) e, no mesmo horário, na quarta (com média de 4.207 veículos/hora).
 
O gestor de Atendimento da CCR MSVia, Fausto Camilotti recomenda aos motoristas que planejem seu trajeto em horários alternativos aos horários de pico, garantindo uma viagem mais tranquila e segura.
 
"Nossas equipes do Serviço de Atendimento ao Usuário – SAU estarão reforçadas e de prontidão para atender quaisquer chamados na BR-163/MS. De qualquer modo, é sempre bom reforçar aos motoristas que adotem medidas de segurança e revisem seus veículos antes de seguirem viagem", recomenda o engenheiro.
 
Campanha educativa - A CCR MSVia distribuirá 12 mil folhetos com dicas direção segura em pontos estratégicos, em conjunto com a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Uma ação especial envolverá a distribuição de bafômetros educativos aos motoristas.
 
Obras – As obras com interrupção do tráfego serão suspensas na BR-163/MS durante toda a quarta-feira (12), entre os kms 0 e 7 (Mundo Novo) e entre os kms 265 e 275 (Dourados).
 
Cargas Especiais – A circulação de cargas especiais não será suspensa durante a Operação Nossa Senhora Aparecida.
 
SAU à disposição – O SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário da CCR MSVia) disponibilizará 500 colaboradores em regime de revezamento, 24 horas por dia. Eles trabalharão a partir de 17 Bases Operacionais instaladas ao longo da rodovia, com o apoio de 80 viaturas, entre elas 12 ambulâncias-resgate, 05 unidades móveis de terapia intensiva, 04 VIRs (Viaturas Médicas de Intervenção Rápida), 08 guinchos pesados, 17 guinchos leves, 19 inspeções de tráfego e 11 caminhões de serviço. Todo esse aparato será comandado a partir do CCO - Centro de Controle Operacional.
 
Estarão dispostos 18 Painéis Fixos de Mensagens Variáveis e 17 Painéis Móveis de Mensagens Variáveis (instalados estrategicamente) para informar aos usuários, em tempo real, sobre eventuais interferências no tráfego.
 
Pedágio - As praças de pedágio vão operar normalmente. As tarifas básicas variam de R$ 4,60 a R$ 7,40. Veículos comerciais pagam por eixo. O pagamento nas praças de pedágio deve ser feito por meio de dinheiro ou cheque.  Nos postos de cobrança não serão aceitos cartões de débito ou cartões de crédito. Haverá, ainda, a possibilidade do pagamento eletrônico, por meio de dispositivos instalados nos para-brisas dos veículos, os chamados TAGS.
 
As praças estão instaladas nos seguintes locais: P1 – Mundo Novo (km 28,2); P2 – Itaquiraí (km 113,2); P3 – Caarapó (km 227,9); P4 – Rio Brilhante (km 313,7); P5 – Campo Grande (km 432,1); P6 – Jaraguari (km 533,8); P7 – São Gabriel do Oeste (km 603,4); P8 – Rio Verde de Mato Grosso (km 703,5) e P9 – Pedro Gomes (km 817,8).
 
Fale com a CCR MSVia - Para informações das condições de tráfego, sugestões, críticas e elogios, os motoristas e passageiros podem fazer contato com a Concessionária por meio do Disque CCR MSVia, serviço telefônico gratuito (inclusive para celulares) que atende pelo telefone 0800 6480163, 24 horas por dia. O site da empresa www.msvia.com.br também oferece informações das condições de tráfego.

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário